quarta-feira, 25 de julho de 2012

PROFUNDA DEI ET ALTITUDINES SATANAE V

I Sm. 28: 5 a 17 - "Vendo Saul o arraial dos filisteus, temeu e estremeceu muito o seu coração. Pelo que consultou Saul ao Senhor, porém o Senhor não lhe respondeu, nem por sonhos, nem por Urim, nem por profetas. Então disse Saul aos seus servos: buscai-me uma necromante, para que eu vá a ela e a consulte. Disseram-lhe os seus servos: eis que em En-Dor há uma mulher que é necromante. Então Saul se disfarçou, vestindo outros trajes; e foi ele com dois homens, e chegaram de noite à casa da mulher. Disse-lhe Saul: peço-te que me adivinhes pela necromancia, e me faças subir aquele que eu te disser. A mulher lhe respondeu: tu bem sabes o que Saul fez, como exterminou da terra os necromantes e os adivinhos; por que, então, me armas um laço à minha vida, para me fazeres morrer? Saul, porém, lhe jurou pelo Senhor, dizendo: como vive o Senhor, nenhum castigo te sobrevirá por isso. A mulher então lhe perguntou: quem te farei subir? Respondeu ele: faze-me subir Samuel. Vendo, pois, a mulher a Samuel, gritou em alta voz, e falou a Saul, dizendo: por que me enganaste? pois tu mesmo és Saul. Ao que o rei lhe disse: não temas; que é que vês? Então a mulher respondeu a Saul: vejo um deus que vem subindo de dentro da terra. Perguntou-lhe ele: como é a sua figura? E disse ela: vem subindo um ancião, e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e lhe fez reverência. Samuel disse a Saul: por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: estou muito angustiado, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e já não me responde, nem por intermédio dos profetas nem por sonhos; por isso te chamei, para que me faças saber o que hei de fazer. Então disse Samuel: por que, pois, me perguntas a mim, visto que o Senhor se tem desviado de ti, e se tem feito teu inimigo? O Senhor te fez como por meu intermédio te disse; pois o Senhor rasgou o reino da tua mão, e o deu ao teu próximo, a Davi."
Esta questão das profundezas de Deus e das profundezas de Satanás é altamente complexa. Portanto, a habilidade para alcançar o significada delas é outorgada apenas aos que, de um lado, têm experiência de renascimento espiritual no caso, das profundezas de Deus; e aos que, de outro lado, têm experiência iniciática nos mistérios das trevas, no caso, nas profundezas de Satanás. Neste sentido, entenda trevas apenas como ausência da luz, a saber, do conhecimento de Deus em Cristo. Não se trata de fenômeno óptico, neste caso. Quase sempre que as Escrituras se referem à luz é no sentido de conhecimento de Deus.
As pessoas, em geral, entendem, que, em se referindo a Satanás, ao Diabo, às trevas, ao maligno, aos demônios e às coisas assemelhadas,  obrigatoriamente, é algo horrível e tenebroso. Enganam-se os que assim imaginam, pois, contrariamente, as coisas ligadas ao mal veem sempre com aparência do bem. Assim, muitos homens e mulheres que servem à Satanás são pessoas sensíveis às dores e sofrimentos alheios. São, geralmente, altruístas e se preocupam com a justiça e a dignidade humana. Por esta razão, o apóstolo Paulo alerta à Igreja conforme II Co. 11:14 e 15 - "E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz. Não é muito, pois, que também os seus ministros se disfarcem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras." O mal não age como realmente é, pois isto, lhe serviria de rejeição. Satanás não está no inferno, como supõe os ignorantes¹, e, tão pouco é rabudo, chifrudo, peludo e cheirando a enxofre. Ele ainda não foi lançado no lago de fogo e enxofre, pois isto ocorrerá após a batalha do Armagedom. Segundo as Escrituras ele vive na alta atmosfera terrestre, juntamente com seus anjos caídos, que são os demônios, os quais se manifestam e acompanham tudo o que acontece na Terra conforme Jó 1: 6 e 7 - "Ora, chegado o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. O Senhor perguntou a Satanás: donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, dizendo: de rodear a Terra, e de passear por ela." Os ignorantes também desconhecem que até Satanás está subordinado à soberania de Deus. Ele não pode mover um dedo contra alguém ou alguma coisa se isto não lhe for permitido conforme I Jo. 6:18 e 19 - "Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive pecando; antes o guarda aquele que nasceu de Deus, e o Maligno não lhe toca. Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no Maligno." Os iniciados nas ciências ocultas sempre veem estas passagens como algo que foi manipulado pela Igreja. Obviamente, estão seguindo as suas naturezas contaminadas. Não é uma questão de opinião, mas sim de natureza. Os nascidos de Deus ouvem a sua voz e creem incondicionalmente na sua Palavra. Os filhos de Satanás seguem as suas paixões e enganos por auto-endeusamento e evolução que não se vê, porque não existe.
Comumente quem se ocupa de cuidar das coisas dos homens, de exaltar o homem em sua vaidade e orgulho, promover o progresso científico e civilizatório humano, é Satanás, porque ele deseja criar para si um reino, utilizando os homens em seu estado corrompido e não regenerado. Por isso, multiplicam-se os conhecimentos científicos, as teorias sobre diversos fenômenos e postulações sobre a solução de doenças, conflitos, problemas econômicos e ambientais. Na verdade o próprio Jesus, o Cristo mostra claramente que, é Satanás quem se preocupa com as questões humanistas conforme Mc. 8:33b - "Para trás de mim, Satanás; porque não cuidas das coisas que são de Deus, mas sim das que são dos homens." Bem, neste ponto a coisa parece se tornar confusa e inaceitável em pleno século XXI. Entretanto,  é tudo muito simples: Deus quer, primeiramente resgatar o homem do seu estado pecaminoso, para depois, conceder progresso tanto material como espiritual, preparando-o para o novo céu e a nava Terra; Satanás, por seu turno, deseja iludir a humanidade no engodo que ela mesma deve tomar as rédeas da sua história, evoluir e progredir independentemente de Deus. Assim, sucintamente, pode-se dizer que, Deus humilha o homem agora para exaltá-lo na eternidade, Satanás exalta o homem agora, para humilhá-lo e escravizá-lo no seu reino eterno e das trevas. 
Desta forma pode-se discutir as profundezas de Deus e as profundezas de Satanás: a primeira leva o homem ao reconhecimento do que, de fato, ele é, para depois resolver o seu  problema, a segunda toma o homem em seus desejos de justiça e méritos para mantê-lo escravo de si mesmo e de Satanás eternamente. No caso citado no texto de abertura vê-se claramente uma situação das profundezas de Satanás. Ora, o rei Saul havia desprezado a Palavra de Deus e agiu por seus próprios desejos e noções de justiça no caso do rei Amaleque. Pois bem, Deus rejeitou a Saul, não lhe respondia mais por nenhuma forma. O profeta Samuel não mais atendia aos chamados do rei, pois estava proibido por Deus. Agora Saul se vê diante de um conflito contra os filisteus e o medo o leva a procurar a orientação de Deus. Como isto não lhe era possível, porque o próprio Samuel havia morrido, resolveu procurar ajuda de adivinhos e necromantes para consultar ao profeta Samuel. Os serviçais do rei Saul o levou a uma necromante na aldeia de En-Dor. Lá a tal mulher invocou o suposto espírito de Samuel, que, aliás, só ela viu. Então, ela o descreveu como um 'deus' envolto em uma capa e com aspecto de um ancião. Afirma que ele subia de dentro da terra, a saber, das profundezas da Terra. Saul não vê, mas apenas deduz que se tratava de Samuel, entretanto não há nenhuma prova disto. Até porque, se Deus havia proibido Samuel de oferecer conselhos e servir de intermediário entre o rei Saul e Ele, como, pois, Samuel depois de morto voltaria para desobedecer ao próprio Deus? Além do mais espírito não tem aspecto ou forma de jovem, adulto ou ancião e não é visível aos olhos humanos, salvo se se materializar.
Este, pois, é um típico caso do engano e da mentira das profundezas de Satanás. Embora, o espírito tenha assumido a forma de um profeta e dito as mesmas coisas que Samuel dissera em vida, isto não prova que era, de fato, Samuel vindo das profundezas para falar o que Deus já havia dito ao rei quando ainda vivia. Acrescenta-se, que, se fosse mesmo Samuel, não viria das entranhas da Terra, mas de cima, do céu. É um falseamento da verdade que pode enganar até as mentes mais brilhantes. É neste sentido que Satanás e seus anjos caídos se disfarçam de entidades de luz e de ministradores da justiça aos que não experimentaram o novo nascimento e a redenção preparada para os eleitos antes dos tempos eternos conforme II Tm. 1: 8 a 11 - "... antes participa comigo dos sofrimentos do evangelho segundo o poder de Deus, que nos salvou, e chamou com uma santa vocação, não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e a graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos eternos, e que agora se manifestou pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual destruiu a morte, e trouxe à luz a vida e a imortalidade pelo evangelho, do qual fui constituído pregador, apóstolo e mestre."
Sola Gratia!
Sola Fidei!
¹Ignorante, neste contexto, significa aquele que desconhece um fato.

Nenhum comentário: