domingo, 30 de agosto de 2009

ESPÍRITOS ENGANADORES E RELIGIÕES ENGANADAS XIV



I Rs. 22: 14 a 28 - "Porém Micaías disse: vive o Senhor que o que o Senhor me disser isso falarei. E, vindo ele ao rei, o rei lhe disse: Micaías, iremos a Ramote de Gileade à peleja, ou deixaremos de ir? E ele lhe disse: sobe, e serás bem sucedido; porque o Senhor a entregará na mão do rei. E o rei lhe disse: até quantas vezes te conjurarei, que não me fales senão a verdade em nome do Senhor? Então disse ele: vi a todo o Israel disperso pelos montes, como ovelhas que não têm pastor; e disse o Senhor: estes não têm senhor; torne cada um em paz para sua casa. Então o rei de Israel disse a Jeosafá: não te disse eu, que nunca profetizará de mim o que é bom, senão só o que é mal? Então ele disse: ouve, pois, a palavra do Senhor: vi ao Senhor assentado sobre o seu trono, e todo o exército do céu estava junto a ele, à sua mão direita e à sua esquerda. E disse o Senhor: quem induzirá Acabe, para que suba, e caia em Ramote de Gileade? E um dizia desta maneira e outro de outra. Então saiu um espírito, e se apresentou diante do Senhor, e disse: eu o induzirei. E o Senhor lhe disse: com quê? E disse ele: eu sairei, e serei um espírito de mentira na boca de todos os seus profetas. E ele disse: tu o induzirás, e ainda prevalecerás; sai e faze assim. Agora, pois, eis que o Senhor pôs o espírito de mentira na boca de todos estes teus profetas, e o Senhor falou o mal contra ti. Então Zedequias, filho de Quenaaná, chegou, e feriu a Micaías no queixo, e disse: por onde saiu de mim o Espírito do Senhor para falar a ti? E disse Micaías: eis que o verás naquele mesmo dia, quando entrares de câmara em câmara, para te esconderes. Então disse o rei de Israel: tomai a Micaías, e tornai a levá-lo a Amom, o governador da cidade, e a Joás filho do rei. E direis: assim diz o rei: Colocai este homem na casa do cárcere, e sustentai-o com o pão de angústia, e com água de amargura, até que eu venha em paz. E disse Micaías: se tu voltares em paz, o Senhor não tem falado por mim."
A primeira fala do profeta Micaías foi seguindo orientação que recebera para falar apenas conforme os outros profetas. No texto hebraico a construção é irônica, ou seja, ele disse a favor do rei em uma determinada entonação que denotava exatamente o oposto do que falava. Quando conjurado em nome do Senhor, o profeta então disse exatamente o que sucederia. O espírito enganado sempre quer ouvir o que lhe interessa, segundo a natureza pecaminosa que nele reina. Isto porque a inclinação natural do homem depois da queda no pecado é invariavelmente contrária a Deus. Este é um princípio e não uma escolha! Mesmo que o homem não regenerado seja reto, íntegro, temente e desvie-se do mal, o que conta é a natureza reinante nele, e não sua religiosidade. As obras humanas contaminadas pela natureza pecaminosa nada podem fazer diante da santidade e justiça de Deus. Sem justificação em Cristo o homem não pode produzir autossalvação  As obras de justiça são boas apenas sociologicamente, mas não espiritualmente.
Na sequência do texto de abertura vê-se que foi o próprio Deus quem deu ordens ao espírito enganador para falar por meio dos falsos profetas ao rei Acabe. A arrogância dos falsos profetas é tamanha que fere e agride aos verdadeiros pregadores a fim de sobrepor suas mentiras à verdade. Entretanto, esta é uma tarefa inglória, pois Deus sempre trás à tona a Sua verdade.
O pecado cega o homem ao ponto de este imaginar que pode construir a paz por suas próprias expensas. Quanto aos verdadeiros regenerados e pregadores fiéis ao Senhor cabe neste mundo, que jaz no maligno, o pão de angústia e a água de amargura. O quinhão deles está no mundo vindouro e não neste mundo e seu sistema iníquo produzido debaixo da natureza contaminada pelo pecado. Por isso estas religiões humanistas prosperam, porque o quinhão dessa gente está neste mundo e na sua glória passageira. Eles pretendem reformar o homem por meio de mudanças comportamentais, Cristo quer matar a natureza adâmica pecaminosa e fazer uma nova criatura que possa conviver na presença de Deus eternamente.

Um comentário:

Arnaldo Ribeiro disse...

REVELAÇÃO / EXORTAÇÃO:
Urge propagarmos na terra, a certeza de que Jesus Cristo ja vive agindo entre nós, espargindo a luz do saber, criando Irmãos espirituais, e a nova era Cristã. Eu não minto, e a Espiritualidade que esperava pela sua volta, pode comprovar que digo a verdade. Por princípio, basta recompormos as 77 letras e os 5 sinais que compõem o titulo do 1º. livro bíblico, assim: O PRIMEIRO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO GÊNESIS: A CRIAÇÃO DOS CÉUS E DA TERRA E DE TUDO O QUE NÊLES HÁ: Agora, pois, todos podem ver que: HÁ UM HOMEM LENDO AS VERDADES DO SEU ESPÍRITO: ÊLE É O GÊNIO CRIADOR QUE CRIA ESSA AÇÃO DE CRISTO. (LC.15.28) E cumpriu-se a escritura que diz: (JB.14.17) O Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem conhece, vós o conheceis, porque Ele habita convosco e estará em vós. Regozijemo-nos ante a presença do Nosso Senhor, e façamos jus ao poder que o Filho do Homem traz às Almas Justas, para a formação da verdadeira Cristandade.

(MT.26.24) – O FILHO DO HOMEM VAI, COMO ESTÁ ESCRITO A SEU RESPEITO, MAS AI DAQUELE POR INTERMÉDIO DE QUEM O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO TRAIDO! MELHOR LHE FORA NÃO HAVER NASCIDO.

E, ao recompormos as 130 letras e os 7 sinais que compõem esse texto, todos já podem ler, saber e entender quem é o Filho do Homem.

E O FILHO DO HOMEM É O ESPÍRITO QUE TESTA AS ALMAS DO HOMEM E DA MULHER, NA VERDADE DO SENHOR, COMO CRISTO: E EIS A PROVA QUE O FILHO DO HOMEM FOI TREINADO NA LEI CRISTÃ

(MC.14.41) – CHEGOU A HORA, O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO ENTREGUE NAS MÃOS DOS PECADORES. E hoje, quem quiser interagir com o Filho do Homem, deve buscar “A Bibliogênese de Israel”, que já está disponível na internet. E quem não quiser, pode continuar vivendo de esperança vã, assistindo passivamente a agonia da vida terrena, à par da auto-destruição do nosso planeta... .